segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

CONVIVENCIA...

hoje em dia tem muita pessoas preferindo a convivencia com animais que com seres humanos. O ser humano ta cada dia mais complicado. Se vc quer conviver bem com um ser humano tem que fazer como os 3 macacos,e ainda por cima sem reclamar de nada mesmo que estejam te machucando ou não estando bom pra vc. Se vc reclama é por que vc é um chato, se vc aceita tudo vc é normal. Que mundo é esse? ainda tem gente que recrimina quem ajuda os animais abandonados, dizem que ao invés de se preocupar com eles que deveriam se preocupar com as pessoas que estão na miséria e passando fome. Francamente não acho que este seja meu dever, pra isso existe governo. Mais os animais não tem ninguém por eles.Manter um humano não é fácil, alem de custar muito mais caro que manter um animal, sim porque não me venham com essa que manter um cachorro por exemplo custa caro, vai ver quanto custa um saco de ração da mais barata, to falando da mais barata,porque não ha necessidade de se manter um cachorro comprando rações caras, pra isso existem as baratas. Ai lá vem alguém que vai falar e se ficarem doentes não existe SUS pra eles e veterinário custa caro. Eu sempre tive cachorros e nunca gastei um centavo com veterinário. Basta querer, existem remédios caseiros pra quase tudo. Já curei muitos cachorros de parvo virose com creolina, enquanto amigos meus levavam seus cães ao veterinários e na maioria das vezes morriam. O cachorro que minha filha adotou estava com berne e ela tem apenas 20 anos e nunca tinha visto isso mais usou a inteligência e tirou um por um colocou remédio e o cão ta lá lindo e perfeito, alias ela tem 4 cachorros todos cães abandonados. Ela os mantém com um saco de ração por semana, das mais baratas, e estão lindos e saudáveis. Ja o ser humano, é complexo demais, vc não consegue dar um prato de comida sem se comprometer com ele,e isso custa caro e requer muitas vezes paciência.

quarta-feira, 9 de novembro de 2011


Queria eu saber passar pro papel as maravilhas que meios olhos vêem. Não sou escritora, então se torna difícil tal façanha. Tento então através das lentes de minha câmera. Não sou profissional, e pouco entendo de fotografia. Esta fotografia foi tirada por mim, num fim de tarde em Porto Alegre RS, Rio Guaíba. Espero que gostem.

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

JOGADA NA CADEIRA, POSE RISOS.....
Momentos alegres com Marina.

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Da Medo!...



DA MEDO!..

Das incertezas do dia seguinte,
da monotonia das noites vazias
de ficar sem esperança ou motivação,
de lágrimas vertidas inutilmente.
de sonhos guardados ,nunca saídos do baú,
Da medo,de não encontrar um lugar seguro
numa noite de tempestade,
Da medo não ter alguém para amar, e nem ser o amor de alguém.

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

DEUS CRIOU TUDO?

Alemanha – Inicio do século 20

Durante uma conferência com vários universitários, um professor da Universidade de Berlim desafiou seus alunos com esta pergunta:
“Deus criou tudo o que existe?"

Um aluno respondeu com grande certeza:
-Sim, Ele criou!

-Deus criou tudo?
Perguntou novamente o professor.

-Sim senhor, respondeu o jovem.

O professor indagou:
-Se Deus criou tudo, então Deus fez o mal? Pois o mal existe, e partindo do preceito de que nossas obras são um reflexo de nós mesmos, então Deus é mau?

O jovem ficou calado diante de tal resposta e o professor, feliz, se regozijava de ter provado mais uma vez que a fé era uma perda de tempo.

Outro estudante levantou a mão e disse:
-Posso fazer uma pergunta, professor?
-Lógico, foi a resposta do professor.

O jovem ficou de pé e perguntou:
-Professor, o frio existe?
-Que pergunta é essa? Lógico que existe, ou por acaso você nunca sentiu frio?


Com uma certa imponência rapaz respondeu:
-De fato, senhor, o frio não existe. Segundo as leis da Física, o que consideramos frio, na realidade é a ausência de calor. Todo corpo ou objeto é suscetível de estudo quando possui ou transmite energia, o calor é o que faz com que este corpo tenha ou transmita energia. O zero absoluto é a ausência total e absoluta de calor, todos os corpos ficam inertes, incapazes de reagir, mas o frio não existe. Nós criamos essa definição para descrever como nos sentimos se não temos calor.

-E, existe a escuridão? Continuou o estudante.
O professor respondeu temendo a continuação do estudante: Existe!

O estudante respondeu:
-Novamente comete um erro, senhor, a escuridão também não existe. A escuridão na realidade é a ausência de luz. A luz pode-se estudar, a escuridão não! Até existe o prisma de Nichols para decompor a luz branca nas várias cores de que está composta, com suas diferentes longitudes de ondas. A escuridão não!

Continuou:
-Um simples raio de luz atravessa as trevas e ilumina a superfície onde termina o raio de luz.
Como pode saber quão escuro está um espaço determinado? Com base na quantidade de luz presente nesse espaço, não é assim?! Escuridão é uma definição que o homem desenvolveu para descrever o que acontece quando não há luz presente.

Finalmente, o jovem perguntou ao professor:
-Senhor, o mal existe?

Certo de que para esta questão o aluno não teria explicação, professor respondeu:
-Claro que sim! Lógico que existe. Como disse desde o começo, vemos estupros, crimes e violência no mundo todo, essas coisas são do mal!

Com um sorriso no rosto o estudante respondeu:
-O mal não existe, senhor, pelo menos não existe por si mesmo. O mal é simplesmente a ausência do bem, é o mesmo dos casos anteriores, o mal é uma definição que o homem criou para descrever a ausência de Deus. Deus não criou o mal. Não é como a fé ou como o amor, que existem como existem o calor e a luz. O mal é o resultado da humanidade não ter Deus presente em seus corações. É como acontece com o frio quando não há calor, ou a escuridão quando não há luz.

Por volta dos anos 1900, este jovem foi aplaudido de pé, e o professor apenas balançou a cabeça
permanecendo calado… Imediatamente o diretor dirigiu-se àquele jovem e perguntou qual era seu nome?

E ele respondeu:

ALBERT EINSTEIN, senhor!